segunda-feira, 30 de abril de 2012

Senta que lá vem história!

Uns dias sem internet,sem telefone e  com a energia oscilante(elétrica e física),serviram para eu fazer coisas que há muito não fazia por falta de tempo: pude perceber que sou super adepta do "nadismo"[gosto muito de poder fazer o que me der na telha,mesmo que seja fazer nada]...ler um bom livro,ver filmes ,observar calmamente as pessoas ,curtir a família,apreciar a natureza ,testar receitas,jogar conversa fora...


Num desses dias de sessão coruja com a família,tive a agradável companhia da minha sobrinha Maria Eduarda,que gosta muito de ficar comigo e eu amo ficar com ela!
Conto histórias,brinco,canto,cozinhamos juntas,conversamos muito  e nos divertimos demais!
A gargalhada dela é música para os meus ouvidos(adoro)!!!

Eu estava deitada no sofá quando ela pegou uma escovinha de cabelos para  bonecas e cismou de escovar os meus cabelos...

Escovava ,passava a mão,escovava de novo,prendia,soltava...e eu só de olho naquela criaturinha preta e lindinha,que segurava com os dentes  o prendedor de cabelos...
Perguntei:
-Tô ficando bonita?
-Aham...
Ia escovando vigorosamente os meus pobres cabelos ... e eu podia bem imaginar o resultado daquilo tudo.

Passei a mão e percebi que os meus cabelos se espalharam por toda a almofada,como se fosse um "leque".
Conheço bem o cabelo que tenho,e decidi que era a hora certa para parar...
Mal me levantei e ouvi uma sonora gargalhada dela.
Quando me levanto, meu cabelo levanta junto,ficando todinho em pé,sem nenhum fio deitado[sempre foi assim e quem vê se parte de tanto rir]







E ela ria com a mão na barriga,tentando se conter...
Me fiz de boba e perguntei:
-Tô bonita?
Ela   olhava para mim tentando segurar o riso ,arregalando os olhinhos,balançava a cabeça afirmativamente e dizia:
-Aham...

-Tô linda mesmo?

-Aham...
-Tô parecendo uma princesa?
Fez com a mãozinha um sinal de mais ou menos,e tinha no rosto um sorriso sapeca e um olhar maroto!

-Tem certeza que eu tô bonita?
-Tenho!

-Ôba,então vou me olhar no espelho!
Fiz uma cara de séria ,apontei o dedo para ela e disse :

-Mas se eu estiver feia,vou ficar brava com você!

Ela  me olhou com uma carinha de quem está em apuros,torcendo as mãos e disse:
-Então é melhor você nem olhar...eu acho melhor você deixar pra outro dia!


Fingindo surpresa,perguntei:
-Por quê?

E ela:
-Ué,porque seu cabelo tá parecendo "de leão"!

Balancei a juba cabeleira,fiz "garras" com as mãos ,cerrando os dentes e corri para pegá-la,rugindo como um leão,enquanto ela corria ,alegrando a casa toda com sua  gargalhada!

11 comentários:

  1. Uma estória pra guardar no coração,e contar mais tarde para ela,muitooooooo engraçado,consigo imaginar a carinha dela,qdo vc fez questão de saber se está bonita mesmo!!!
    Tava sumida heim,senti falta de suas visitas,aparece por lá,amo seus comentarios!!
    Obrigada por sua participação no sorteio,quem sabe no proxima o premio é seu!!
    Um beijão e uma semana criativa^^

    ResponderExcluir
  2. Que delícia amiga!
    Como é bom ter sempre uma criança
    conosco, elas alegram nossas vidas.
    Abraços! Tudo de bom pra ti.

    ResponderExcluir
  3. rsrsrs, você e Maria Eduarda quase me matam de tanto rir.
    Dias assim quando a gente se permiti não fazer nada, apenas ser, são os dias mais felizes de nossas vidas, são os dias em que, sem nem perceber, a gente se conecta com o Divino.

    Um grande abraço, e muito obrigada pelo carinho, e pelas gargalhadas :)

    ResponderExcluir
  4. que delícia de história . amei kkll

    ResponderExcluir
  5. KKKK....Criança é tudo de bom e mais um pouco. Adorei a história.

    bjus

    Vânia Pinho

    ResponderExcluir
  6. Kkkkkk essa sua sobrinha é uma graça mesmo... Adoro suas sacadas! Muito esperta e inteligente.
    A do suco de maçã é a melhor!!!
    Mas que fase deliciosa Marcia.
    Beijos pra vc que sempre me recebe com carinho e beijos para fofa de sua sobrinha.
    Canela

    ResponderExcluir
  7. Márcia que encanto, criança é a melhor coisa ter por perto, nos enche de alegria e como elas são inteligentes nessa época, noossa eu era muito lerdinha, é a era flash, elas pegam tudo no ar e entendem muito os adultos que as rodeiam são seres de luz, com certeza.bjos, querida, que bom quando as pessoas saem inspiradas do meu blog, fico super feliz, bom feriado.

    ResponderExcluir
  8. Olá, vc não me conhece mas faz uns meses que descobri seu blog e sempre que posso passo por aqui, adoro seus casos e admito me racho de rir....
    bjs Edicleide

    ResponderExcluir
  9. hahahahah....
    Ai Márcia só você mesmo, adoro suas histórias.

    ResponderExcluir